Sexta-feira, 19 de Novembro de 2010

Gatos adultos com comportamentos infantis

Alguns gatos, quando já são adultos têm comportamentos característicos das crias, como por exemplo: mamar nos dedos, babarem-se enquanto são acariciados. Não se sabe o que leva alguns gatos a manter este comportamento enquanto adultos, mas pensa-se que possa estar relacionado com o facto destes gatos serem separados da mãe demasiado cedo. Os gatos devem permanecer com a progenitora pelo menos até às 7 semanas e idealmente até ás 12 semanas. Gatos que são rejeitados pela progenitora demasiado cedo, que têm uma grande competição para mamar ou que foram alimentados a biberão podem não ter visto as suas necessidades de mamar preenchidas.

Pensa-se que os gatos comportam-se desta forma para procurar conforto e protecção. O comportamento pode abrandar na idade adulta, mas permanece o lamber excessivo e a procura por tecidos suaves ou pele para mamar.

Quanto ás soluções para estes "problemas" sinceramente não sei grandes formas para acabar com estes vicios (eu mesma, tenho o vício de mamar na língua, hoje, com 14 anos, ainda o tenho :$ ). Podem tentar distrair o gato com um brinquedo, talvez resulte.

O gato também pode ter estes comportamentos devido a mudanças na casa, stress, alterações de rotina, visitas, desconhecidos.  Se conseguirem identificar a causa do stress, ao suprimi-la o comportamento deve acabar ou pelo menos abrandar.

 

Este comportamento não é contudo normal se começar subitamente a manifestar-se na idade adulta. Devem consultar um veterinário se o gato começar a lamber frequentemente. O hipertiroidismo pode surgir, sobretudo na terceira idade, e pode ter como um dos sintomas o lamber excessivamente.


publicado por Vida animal às 15:00
link do post | favorito